Dicas para juntar dois Porquinhos

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Dicas para juntar dois Porquinhos



Deve-se ter em atenção que nem sempre é fácil juntar dois porquinhos que até então viveram separados um do outro, sendo que em algum dos casos pode ser uma tarefa impossível.
Normalmente se forem duas fêmeas a tarefa è mais fàcil, pois estas têm tendência para serem menos agressivos. No entanto, se forem dois machos isso pode ser diferente. Pela nossa experiência, dizemos que é possível vários machos conviverem juntos, visto que isso acontece com alguns porquinhos machos que temos e não tivemos problemas. Ajuda bastante se um dos animais for bastante jovem, dado que o macho dominante não o vê como ameaça e podem crescer os dois juntos sem qualquer tipo de problema.

Usualmente não é complicado ter na mesma gaiola dois bébés, um bébé e um adulto, ou dois machos jovens que cresceram juntos ( caso de irmãos ).
É impossível ter dois machos não castrados na mesma gaiola com fêmeas.
Um macho e uma fêmea também não têm problemas, sendo que há um risco de nascerem 16 a 20 bébés por ano. Se houver castração do macho e a fêmea já o conhecer então esta pode se tornar agressiva, mas não é uma regra. No entanto a castração de pequenos animais pode trazer complicações, dado que é preciso anestesiar o animal havendo um sério risco deste morrer, devendo a pessoa recorrer a um veterinário especialista neste género de operações.

Alguns procedimentos para uma junção de sucesso :

O Primeiro Encontro deve ser num terreno neutro, desaconselhando-se ser na gaiola de algum deles, devido a questões de demarcação de território. Neste primeiro encontro é sempre bom estar uma pessoa a acompanhar no caso de acontecer alguma luta, pois eles podem-se magoar gravemente. Se correrem atrás um do outro e começarem a ronronar não há problema, pois é um comportamento comum, tal como o de fazerem um pouco de xixi para cima do outro. Se não houver luta a mordidelas sérias a pessoa não deve interferir. Para tornar mais fácil o primeiro encontro é sempre bom usar um pouco de perfume na região traseira do animal, para afastar o cheiro normal do porquinho macho, de modo a tentar que sejam menos agressivos. Nas primeiras refeições juntas, é bom dividi-las em duas partes para que cada um tenha a sua porção e que não lutem por comida. É útil limpar a gaiola onde os dois vão viver juntos, para que o cheiro do ocupante anterior seja eliminado, de modo a não intimidar o novo amigo.

Estes procedimentos são apenas uma pequena ajuda, não querendo dizer que haja uma garantia total, tudo depende do carácter dos animais, e é sempre bom pensar que, como as pessoas, nem todos gostam de toda a gente, pêlo que não quer dizer que se um porquinho não gostar de outro, não venha a gostar de um outro amigo que possa ser apresentado.

3 comentários:

Alexandra disse...

Bom dia tenho dois Porcos da India do mesmo sexo ainda não têm um ano.Tenho muito medo porque ouvi dizer que os machos matavam uns aos outros.

vitor hugo viegas lopes disse...

sim os machos geralmente quando estao na faze adulta podem mesmo matarce um ao outro

Rafaela Oliveira disse...

Tenho um porquinho macho a um mês moro em apartamento e ele vivi em gaiola, como vejo que ele anda muito quieto, solitario tenho que compra outro nao sei a idade certa dele mas sei que é jovem.. Compro un adulto e ja posso colocar na mesma gaiola que ele?

Enviar um comentário

 









© 2010-2011 Todos os direitos reservados - cantinhos dos porquinhos da india- Template Para Blogspot Blogger